Falta de estrutura no Anhembi volta a ser alvo de críticas

Mas o aumento de público também tornou mais perceptível problemas de infraestrutura, como a incapacidade do ar-condicionado de suprir as necessidades do espaço, a falta de sinalização e organização no estacionamento. Essas questões foram destacadas ontem em entrevista coletiva por Juan Pablo de Vera, presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado, empresa que organiza feiras como a de Frankfurt e a de Paris.

, O Estado de S.Paulo

23 Agosto 2010 | 00h00

"Estamos conversando com a CBL (Câmara Brasileira do Livro) sobre características que achamos que o espaço deve ter na próxima edição. É preciso pensar num novo pavilhão em São Paulo que comporte feiras internacionais." Anteriormente, o evento já ocorreu no Pavilhão da Bienal, no Viaduto do Chá, no Expo Center Norte e no Centro de Exposições Imigrantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.