Falso policial que extorquia comerciantes é preso no Tatuapé

Valmir Rodrigues da Cruz usava uma pistola, roupas e equipamentos semelhantes aos de policiais

estadão.com.br,

22 Dezembro 2010 | 20h26

SÃO PAULO- A Polícia Civil do Estado de São Paulo prendeu na tarde desta quarta-feira, 22, um senhor de 60 anos que fingia ser policial para extorquir comerciantes na região do Tatuapé, zona leste da capital. Valmir Rodrigues da Cruz usava uma pistola calibre 9mm, roupas e equipamentos semelhantes aos de policiais e foi detido enquanto intimidava uma vítima.

 

Segundo o delegado Walter Ferrari, da Delegacia de Repressão a Roubos e Extorsões do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), Cruz montou uma delegacia falsa dentro de um Gol. "Além das roupas de policial e distintivos, ele tinha carimbos e impressos que simulavam documentos oficiais cuja função era só uma: praticar o crime de extorsão", afirmou Ferrari.

 

Os investigadores apuravam as atividades de Cruz há 20 dias. No final da tarde desta quarta-feira, os policiais localizaram Cruz na Rua Tuiuti, no Tatuapé, e o desmascararam. Ele foi autuado por extorsão, porte de arma e usurpação de função pública.

Mais conteúdo sobre:
extorsão Tatuapé

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.