Falso policial é preso tentando extorquir comerciante em Guarulhos

Desconfiado, proprietário de mercado ligou para a PM, que deteve o acusado em flagrante

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

17 de junho de 2011 | 03h04

SÃO PAULO - Policiais militares do 44º Batalhão detiveram, na noite de quinta-feira, 16, Davidson Stuart Maciel de Almeida, de 27 anos, acusado de se passar por policial civil na tentativa de extorquir o proprietário de um mercado na cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo.

Por volta do meio-dia, portando um revólver calibre 38 e uma falsa carteira da Polícia Civil, Almeida, depois de verificar alguns alimentos que supostamente estavam vencidos, passou pelo caixa do estabelecimento, que fica na rua Jacutinga, no Parque Estela, região dos Pimentas, e apresentou-se como policial, ameaçando multar o proprietário em R$ 15 mil.

O criminoso então entrou em um Ford Fiesta e prometeu voltar. Eram 18h40 quando o golpista retornou e exigiu dinheiro para não autuar o estabelecimento. Desconfiado, o comerciante ligou para a PM, que deteve Almeida em flagrante, encaminhado o falso policial para o 4º Distrito Policial da cidade.

No Fiesta do acusado, os PMs encontraram uma arma de chumbinho. Almeida, que já tem passagem pela polícia e desta vez foi autuado por porte ilegal de arma, falsidade ideológica e extorsão, disse que comprou o falso documento da Polícia Civil na Praça da Sé, no centro da capital, e que adquiriu as armas em uma pizzaria onde trabalhava.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.