Falso fiscal é preso ao tentar extorquir camelô em SP

Ambulante denunciou acusado, que tentou se passar por fiscal da Subprefeitura da Mooca e foi detido

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

19 de setembro de 2007 | 18h53

O funcionário da Frente de Trabalho do Estado Renato Azevedo Neto, de 37 anos, foi preso nesta quarta-feira, 19, ao se passar por fiscal da Subprefeitura da Mooca para tentar extorquir um camelô na Avenida Celso Garcia, Centro de São Paulo. O ambulante denunciou o acusado, que foi detido pela Guarda Civil metropolitana. Segundo a subprefeitura, Neto fora contratado em julho deste ano para realizar serviços de limpeza e manutenção. Nesta quarta, após o crime, ele foi demitido. O caso foi registrado no 12º Distrito Policial, do Pari.

Tudo o que sabemos sobre:
FiscalCamelô

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.