Falso coronel estava em secretaria pela 2ª vez

RIO

, O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2010 | 00h00

Carlos da Cruz Sampaio Júnior, de 44 anos, acusado de se passar por tenente-coronel e enganar por três meses a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Seseg) do Rio, já havia trabalhado na pasta entre 2003 e 2006. Naquela época, o secretário era o ex-governador Anthony Garotinho, agora eleito deputado federal pelo PR. Com documentos falsos, Sampaio foi nomeado coordenador regional de um projeto de estudo de violência. Ele foi preso em flagrante na quinta-feira por porte ilegal de arma e falsidade ideológica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.