Falsa doméstica acusada de furtos é presa na zona sul da capital paulista

Agentes do GOE detiveram a mulher na casa dela; vários objetos e uma arma foram apreendidos

estadão.com.br,

16 de junho de 2012 | 05h29

SÃO PAULO - Uma denúncia levou agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Polícia Civil, a deter, na noite de sexta-feira, 15, na região do Grajaú, na zona sul de São Paulo, a falsa doméstica Eliana Serapião de Oliveira, de 36 anos.

 

Segundo informações da Polícia Civil, a mulher, passando-se por doméstica, entrava nas residências e furtava objetos das casas. Na noite de ontem, após receberem informações sobre a suposta localização de Eliana, os policiais foram até a casa dela e lá encontram muitos objetos, entre eles pulseiras de ouro, anéis, celulares, bolsas e um revólver.

 

Uma das patroas da suspeita esteve no 11º Distrito Policial, de Santo Amaro, para fornecer mais informações aos policiais e fazer o reconhecimento da mulher detida. A informação de que a falsa empregada poderia fazer parte de algum bando responsável por arrastões na cidade, a princípio foi descartada pelos agentes do GOE que registravam a ocorrência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.