Falhas na rede e chuva afetam circulação de trens

Falhas na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e no Metrô de São Paulo e a chuva afetaram a circulação de trens ontem na capital paulista. No metrô, todo o sistema operava com velocidade reduzida até o fim da tarde; na CPTM, o problema prejudicou os passageiros da Linha 7-Rubi (Luz-Francisco Morato).

O Estado de S.Paulo

28 Março 2012 | 03h03

Por volta das 15h50, segundo o Metrô, um problema no sistema de alimentação elétrica na área de manobra de trens no pátio da Estação Palmeiras-Barra Funda, na zona oeste, prejudicou a circulação de trens na Linha 3-Vermelha. Mas a falha, em conjunto com a chuva, também prejudicou a operação das Linhas 1-Azul e 4-Amarela. O clima ruim também fez com que a Linha 5-Lilás (que ainda não está ligada ao resto da rede do metrô) tivesse a velocidade reduzida.

As causas da falha na Estação Palmeiras-Barra Funda ainda não foram identificadas. O sistema sonoro das estações e dos trens avisou os passageiros sobre o problema na rede e, na estação, a entrada de usuários teve de ser reduzida. A medida serve para evitar acúmulo de pessoas nas plataformas, o que poderia causar acidentes.

Já na CPTM, um defeito de via em toda a Linha 7-Rubi afetou o funcionamento do ramal das 16h10 às 17h25. A chuva também aumentou o intervalo entre composições. / ÍTALO REIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.