Faixa da Ponte dos Remédios será liberada a partir de hoje

De segunda a sexta, pela manhã, motoristas poderão usar duas faixas no sentido São Paulo e uma no sentido Osasco

Central de Informações

30 de janeiro de 2012 | 09h01

São Paulo, 30 - Uma das faixas de rolamento, sentido São Paulo, da Ponte dos Remédios, na zona norte de São Paulo, será aberta ao tráfego a partir desta segunda-feira, 30. Caminhões estarão proibidos de circular pela ponte, no mesmo sentido, das 17h às 20h.

Com esta liberação, será retomada a montagem de faixas reversíveis na ponte, hoje operando integralmente em duplo sentido por conta das obras de recuperação que estão sendo realizadas pela Secretaria Infraestrutura e Obras (Siurb) no local.

Dias e Horários. De segunda-feira a sexta-feira, das 6h às 10h, o sentido São Paulo terá duas faixas de rolamento disponíveis ao tráfego. Já no sentido contrário (Osasco), a circulação será feita por apenas uma faixa.

De segunda-feira a sexta-feira, das 17h às 20h, os motoristas com destino a Osasco terão duas faixas liberadas. No sentido São Paulo, a circulação será feita por apenas uma faixa com caminhões proibidos de circular neste sentido São Paulo das 17h às 20h.

Nos demais horários do dia e aos fins de semana, a circulação continuará sendo feita em duplo sentido de direção (mão dupla). Não haverá alteração nos itinerários das linhas de ônibus, mas ressaltamos que caminhões estarão proibidos de circular pela ponte no sentido Osasco - São Paulo das 17h às 20h.

Marginal Tietê. A pista expressa da Marginal do Tietê, sentido Ayrton Senna, será interditada entre a Ponte dos Remédios e 200 metros antes do Cebolão, nesta segunda-feira, 30, a quarta-feira, 1, sempre das 23h às 5h, para obras na Ponte dos Remédios. O desvio será feito pela pista central.Os motoristas podem optar em utilizar a pista Local, sentido Ayrton Senna, entre Ponte dos Remédios e Ponte Jaguaré.

Tudo o que sabemos sobre:
ponte dos remédios, trânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.