Fabricante de reverso terá de pagar indenização

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido da Northrop Grumman, fabricante do reverso do Fokker-100 da TAM que caiu em 1996 em São Paulo, de se livrar de pagar indenizações. Ainda cabe recurso. A Northrop foi condenada a pagar R$ 2 milhões a cada família, mais dois terços do salário de cada vítima até a data em que fariam 65 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.