Exposição em programas de TV causou dano moral

A exposição da sua imagem em programas de TV e jornais levou Eduardo de Oliveira Ferreira, de 35 anos, a cobrar do poder público uma indenização por danos morais. Ferreira ficou cerca de três horas dentro de um buraco que se abriu sob seus pés na calçada da esquina das Avenidas do Estado e Santos Dumont, no centro, em 15 de fevereiro de 2007.

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

13 de outubro de 2010 | 00h00

O piso ruiu no exato momento em que Ferreira passava pelo local. Por poucos metros, ele não teve contato com a água do Rio Tamanduateí. Em 30 de setembro de 2009, a juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho, da 12.ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo, julgou procedente o pedido de Eduardo. O Departamento de Água e Energia Elétrica (Daee), responsável por aquela calçada, foi condenado a pagar à vítima uma indenização de R$ 23.250. Como o Daee recorreu, a ação deve ser julgada por desembargadores do TJ até o início do ano que vem, segundo o advogado Rogério Machtans, que representa Eduardo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.