Exposição de orquídeas vai até domingo na Liberdade

Mostra é gratuita e tem 900 flores de colecionadores; também é possível comprar plantas e ver aulas de cultivo

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

14 de setembro de 2012 | 18h17

SÃO PAULO - Começou a 87ª Exposição de Orquídeas, com 900 exemplares de colecionadores exibidos gratuitamente ao público na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, na Liberdade, centro de São Paulo. Na mostra, que vai até domingo, estão em destaque as plantas escolhidas por um júri como as mais belas em seis categorias, como espécie brasileira, estrangeira e das américas. A melhor planta da exposição, de uma cultivadora da capital paulista, também poderá ser conhecida.

 

No evento serão vendidas diversas espécies de orquídea, além de produtos relacionados ao cultivo, como adubos especiais. Eles são comercializados em 25 estandes em uma área de 500 metros quadrados no térreo do edifício. As mudas partem de R$ 7 e a expectativa dos organizadores do evento é comercializar até 20 mil unidades. "Temos orquídeas de diversas regiões do mundo cultivadas no Brasil", explica a presidente da Associação Orquidófila de São Paulo (Aosp), Lúcia Midori.

O público menos familiarizado com os cuidados específicos com a planta poderá acompanhar aulas gratuitas com técnicas de cultivo em três horários por dia. Não é preciso se inscrever com antecedência.

Serviço

Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social

Rua São Joaquim, 381 - Liberdade - São Paulo - SP

(próx. à Estação São Joaquim do Metrô)

Dias 14, 15 e 16 de setembro, das 9h às 19h

Aulas: início às 10h, 14h e 16h, por ordem de chegada (auditótio

tem capacidade para 1,3 mil pessoas)

Informações: (11) 3207-5703

Mais conteúdo sobre:
orquídeasliberdadeexposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.