Google Street View
Google Street View

Explosivos amarrados ao corpo de funcionário de banco eram falsos

Tesoureiro da agência bancária teve o corpo amarrado a suposto artefato; policiais do Esquadrão Anti-Bombas do Gate foram para o local

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

16 Janeiro 2018 | 14h55

SÃO PAULO - A Polícia Federal afirma que o artefato amarrado ao tesoureiro da agência bancária que foi assaltada na segunda-feira, 15, não continha explosivos. A declaração foi feita após a realização da perícia.

Ainda na tarde de segunda-feira, 15, um suspeito foi detido; outros três permanecem foragidos.

Criminosos assaltaram uma agência bancária localizada na Avenida João Dias, 1.669, em Santo Amaro, na zona sul da cidade, na manhã de segunda-feira.

A Polícia Militar (PM) informa que os bandidos amarraram o corpo do tesoureiro do banco com explosivos. Policiais do Esquadrão Anti-Bombas do Gate foram ao local para desarmar a bomba.

A ocorrência na Caixa Econômica Federal foi registrada às 10 horas da manhã. Segundo a PM, os ladrões conseguiram fugir do banco com malotes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.