Explosão falha e quadrilha foge sem levar nada de caixa eletrônico

Segundo a polícia, os assaltantes não tinham um detonador e tentaram explodir a dinamite usando um pavio

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

27 Maio 2011 | 01h50

SÃO PAULO - Um grupo de pelo menos sete bandidos, tentou, sem sucesso, explodir, no final da noite desta quinta-feira, 26, um caixa eletrônico da rede Banco 24 Horas instalado dentro da drogaria e farmácia de manipulação Central Pharmacos, localizada na avenida Baronesa de Muritiba, no Parque São Rafael, na zona leste de São Paulo, a menos de 200 metros da delegacia (55ºDP).

Armados e munidos de dinamite, os criminosos renderam os três funcionários da drogaria, obrigando todos a ficarem nos fundos do estabelecimento, pois iriam inserir o explosivo na máquina. "Vocês vão liberar a gente antes de explodirem o caixa, não vão?", foi essa a pergunta que os bandidos escutaram das vítimas, que puderam sair correndo momentos antes da explosão, que não ocorreria.

Segundo a polícia, os assaltantes não tinham um detonador. Tentaram explodir a dinamite usando um pavio, mas não deu certo e todos fugiram sem levar nada. As vítimas não souberam dizer se havia algum veículo esperando pela quadrilha nas imediações. O caso foi registrado no 55º Distrito Policial, do Parque São Rafael.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.