Explosão em churrascaria deixa casal e criança feridos no ABC

Menino de 3 anos teve 54% do corpo queimado e está internado em estado gravíssimo no Hospital das Clínicas

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

09 Março 2010 | 08h26

Um casal e uma criança de 3 anos sofreram queimaduras após uma explosão em uma churrascaria, em São Caetano do Sul, no ABC paulista, no último domingo, 7.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), as vítimas estavam à mesa quando um garçom tentou reacender um réchaud, utensílio usado para manter o calor dos alimentos à mesa. Testemunhas relatam que o atendente do restaurante despejou álcool gel no réchaud sem perceber que ele permanecia aceso. Houve, então, uma explosão, ferindo os clientes.

 

O menino foi encaminhado para o Hospital Marcia Braido e transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo, com 54% do corpo com queimaduras de 2 e 3º graus. Segundo a assessoria do Hospital, ele está internado na Unidade de terapia Intensiva (UTI), em estado gravíssimo. O padrasto da criança também está internado no HC, com queimaduras de 2 e 3 º graus nas mãos.

 

A mãe do menino também ficou ferida nas mãos com queimaduras de 2º grau, mas já foi liberada pelos médicos, segundo o HC. O garçom não ficou ferido.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.