Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Explosão de caminhão-tanque mata um homem na zona leste de SP

Suspeita é de que cigarro teria provocado o acidente em Guaianases; motorista do veículo morreu carbonizado

Diego Moura, O Estado de S. Paulo

28 de outubro de 2015 | 07h01

SÃO PAULO - Um homem morreu depois que um caminhão-tanque carregado com diesel explodiu dentro de uma garagem no bairro de Guaianases, na zona leste de São Paulo, na noite desta terça-feira, 27. De acordo com policiais, a explosão na Estrada de Poá, altura do 1816, teria sido causada por um cigarro que o motorista fumava. Identificado como Marco Aurélio, de 50 anos, o condutor morreu carbonizado. 

Por volta das 21h, o Corpo de Bombeiros recebeu um pedido de socorro por causa do incêndio e deslocou sete viaturas para o local. O incêndio foi controlado, mas não foi possível socorrer o motorista. A garagem era usada para estacionar caminhões-tanque. 

O caso foi registrado no 53º Distrito Policial (Parque do Carmo). 

Tudo o que sabemos sobre:
SÃO PAULOAcidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.