Explosão de bomba em presídio no interior de SP deixa agente ferido

Funcionário desconfiou da movimentação de detentos e foi revistá-los; artefato estava escondido na trave de um gol da quadra

Chico Siqueira, Especial para o Estado

09 Setembro 2014 | 11h11

ARAÇATUBA - Um agente ficou gravemente ferido na manhã desta terça-feira, 9, após a explosão de uma bomba que estava escondida no cano de uma  trave de  gol da quadra de futebol da Penitenciária de Valparaíso, no interior de São Paulo. Desconfiado da movimentação dos detentos, o agente foi fazer a revista, quando então houve a explosão.

A bomba teria entrado durante a visita íntima do final de semana que foi liberada pelo governo sem revista por falta do aparelho detector de metais.

Segundo nota da Secretaria da Administração Penitenciária, o agente Paulo de Tarso sofreu ferimentos no abdome e foi internado na Santa Casa de Valparaíso. Por causa da gravidade do ferimento, foi transferido para a Santa Casa de Araçatuba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.