Exército prende falso tenente-coronel

Um homem que fingia ser tenente-coronel do Exército e trabalhava na Secretaria de Segurança Pública do Rio há três meses foi exonerado e preso anteontem por falsidade ideológica e porte ilegal de arma. A mentira foi descoberta em investigação interna de todos os novos funcionários do órgão. Carlos da Cruz Sampaio Júnior trabalhava na coordenação da Subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional. Por ser filho de militar, teve facilidade para falsificar os documentos que apresentou quando foi contratado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.