Exército investiga vídeo de soldados dançando o Hino em ritmo de funk

O Exército abriu inquérito para apurar a autoria de um vídeo colocado na internet que mostra um grupo de seis soldados cantando e dançando o Hino Nacional em ritmo de funk.

, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2011 | 00h00

O resultado da investigação será encaminhado ao Ministério Público Militar em 40 dias. Se forem punidos, os participantes da dança e os responsáveis pela divulgação estarão sujeitos a penas de 1 a 2 anos de detenção por prática de ato de ultraje a símbolo nacional, previstas no Código Penal Militar.

O vídeo de 1 minuto e 25 segundos teria sido gravado nas dependências da 3.ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada de Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul, durante um intervalo de instruções, na semana passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.