Executivo morre ao bater o carro no Itaim

O executivo Fernando Stabille Piovezan, de 31 anos, morreu às 4h de ontem após bater o Sonata prata que dirigia contra uma mureta de acesso ao Túnel Takeharu Akagawa, da Avenida São Gabriel, no Itaim-Bibi, zona sul de São Paulo.

ANDRÉ CABETTE FÁBIO, O Estado de S.Paulo

30 Março 2013 | 02h02

Nascido em Cuiabá e formado em Direito, Piovezan era sócio do Provocateur Club, no Itaim-Bibi, e executivo da Triunfo Administradora e Corretora de Seguros, do Grupo Triunfo, de propriedade de sua família. A mulher de Piovezan está grávida.

A polícia não informou a causa do acidente. Após a batida, Piovezan foi socorrido por um médico que estava no local e levado ainda vivo para o Hospital São Luís, onde morreu. O acidente foi registrado como colisão e homicídio culposo na direção de veículo automotor no 89.º DP (Jardim Taboão).

O velório foi realizado em Cuiabá. Em nota, o Provocateur Club lamentou a morte e anunciou que não abrirá hoje, em solidariedade e respeito à família do executivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.