Ex-tesoureiro de Dilma será secretário da Saúde na gestão de Haddad em SP

Deputado federal José De Filippi Júnior (PT) participou do comitê eleitoral da presidente e integra Instituto Lula

Vera Rosa, O Estado de S. Paulo

13 de novembro de 2012 | 18h56

SÃO PAULO - O deputado federal José De Filippi Júnior (PT-SP) será secretário da Saúde no governo de Fernando Haddad, em São Paulo. Ex-prefeito de Diadema durante três gestões, Filippi é engenheiro civil e foi coordenador do programa de governo de Haddad.

A escolha de Filippi surpreendeu até petistas pelo fato de ele não ser médico. Em conversas reservadas, porém, o prefeito eleito disse que o problema da saúde é de gestão e, por isso, optou por um perfil de administrador.

Haddad quer fazer parcerias com o Ministério da Saúde para inaugurar Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24 horas e reduzir filas de espera para cirurgias, como as de catarata.

Filippi foi tesoureiro do comitê da presidente Dilma Rousseff, em 2010, e da campanha da reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006, após o escândalo do mensalão. Atualmente, ele integra a diretoria do Instituto Lula. O anúncio do nome de Filippi para a Saúde poderá ser feito na próxima quarta-feira, 14.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.