Ex-tenente é baleado por escrivão em festa

O ex-tenente das Forças Armadas Maurício Figueira Pereira morreu no Hospital Alvorada, na zona sul de São Paulo, na tarde de ontem, após ser baleado no abdome durante uma briga em uma festa em um condomínio de luxo em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo. O atirador foi um escrivão da Polícia Civil, que foi baleado na perna. A Corregedoria da Polícia Civil investiga o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.