Ex-presidiário é morto a tiros em casa em Guarulhos

Paulo Humberto deixou o presídio no último dia 3 e completaria 22 anos na quinta

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

15 de abril de 2008 | 04h01

Um ex-presidiário teve a casa invadida por desconhecidos e foi morto a tiros, por volta das 23 horas desta segunda-feira, 14, no Jardim São Paulo, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Paulo Humberto Valenzi Jr. saiu do Centro de Detenção Provisória de Andradina, a 640 quilômetros da capital, no noroeste do estado, no último dia 03. Ele completaria 22 anos na próxima quinta-feira. Segundo a Polícia Militar, no final da noite de segunda, testemunhas disseram ter visto 3 ou 4 homens entrando na casa e retirando a vítima à força. Vários disparos foram feitos contra Paulo Humberto, que morreu quando era atendido no Hospital Municipal de Urgência (HMU). Os assassinos teriam fugido a pé. Aparentemente nada foi levado da casa. O caso está sendo registrado no 01º Distrito Policial de Guarulhos.

Tudo o que sabemos sobre:
assassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.