Ex-prefeito de Cambuci-RJ tem prisão decretada por descumprir ordem judicial

Pedro Carlos Mendes teve a prisão decretada por descumprir pena de serviço comunitário

Central de Notícias,

03 Maio 2011 | 08h42

O ex-prefeito de Cambuci Pedro Carlos Mendes teve a prisão decretada a pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro por descumprir pena de serviço comunitário.

O político não comparece mais a instituição Lar dos Pobres, de atendimento a idosos, onde cumpria pena de prestação de serviços comunitários. A frequente ausência motivou o requerimento, feito pela Promotoria de Justiça de Cambuci. Segundo o MP-RJ, o ex-prefeito é considerado foragido.

Desde que foi intimado, em março de 2010, Pedro Carlos Mendes cumpriu apenas 14 horas da pena. Ele nega prestar serviços ao Lar dos Pobres por problemas de saúde, mas os próprios médicos do ex-prefeito atestaram em depoimento que ele está apto a desempenhar atividades leves como servir água, alimentar os internos, descascar legumes ou realizar leituras.

O descumprimento da sentença levou o Juízo da Vara de Cambuci a revogar a decisão que substituiu a pena de um ano de prisão pela prestação de serviços à comunidade. Na decisão, o juiz Marco Antonio Novaes de Abreu ressalta que, apesar da suposta limitação anunciada pelo ex-prefeito, o réu continuava a dirigir seu veículo e administrar suas atividades de produtor rural.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.