Ex-policial mata ex-mulher, sogros, cunhado e se mata na Grande SP

Caso ocorreu em Ferraz de Vasconcelos; segundo a polícia, crimes teriam sido motivados por fim de relacionamento

Ricardo Valota, O Estado de S. Paulo

05 de dezembro de 2012 | 10h23

SÃO PAULO - Um ex-policial militar matou a ex-mulher, os sogros, o cunhado e se matou em Ferraz de Vasconcelos, região leste da Grande São Paulo, nesta madrugada de quarta-feira, 5.

O crime ocorreu na casa das vítimas, em uma travessa da Rua Cândido Portinari, no bairro do Tanquinho. Segundo a polícia, inconformado com o fim do relacionamento, o ex-policial, identificado como Danilo, resolver disparar contra os familiares, que morreram no local.

Antes de se matar, ele também baleou o filho, um menino de 7 anos, que, atingido no pé, sobreviveu. A filha do casal, de quatro anos, foi resgatada por vizinhos pelo muro. O caso foi registrado na delegacia central da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.