Ex-PM suspeito de matar homossexuais em Carapicuíba é preso

Ele é suspeito de ter cometido 13 assassinatos no Parque dos Paturis e já havia sido preso anteriormente

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

11 de agosto de 2009 | 09h58

O sargento reformado da Polícia Militar Jairo Francisco Franco, de 46 anos, suspeito de matar homossexuais em Carapicuíba, na Grande são Paulo, teve uma nova prisão preventiva decretada na segunda-feira, 10. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele já foi detido mesmo e levado para o Presídio Romão Gomes, da Polícia Militar.

 

O ex-PM já tinha sido preso anteriormente, suspeito de ter cometido 13 assassinatos no Parque dos Paturis, em Carapicuíba, mas foi solto em janeiro deste ano por falta de provas. Os crimes ocorreram entre fevereiro de 2007 e agosto de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
homofobiaparque dos paturis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.