Ex-namorada de goleiro tem recurso negado

A ex-namorada do goleiro Bruno Fernanda Gomes de Castro teve recurso negado anteontem pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, no qual pedia para não ser levada a júri popular pelo desaparecimento e morte de Eliza Samúdio, de 25 anos. Ela é acusada de participar do crime, ocorrido em junho de 2010. O crime teria sido cometido por causa da insatisfação de Bruno com o pedido de pagamento de pensão por Eliza para o filho, que tiveram juntos. Bruno está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.