Ex-mulher não responderá por morte

A Justiça de Minas negou ontem recurso do Ministério Público Estadual para incluir 4 pessoas, entre as quais Dayanne Rodrigues, ex-mulher do goleiro Bruno Fernandes, na acusação da morte de Eliza Samudio.

O Estado de S.Paulo

29 de março de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.