Jose Patricio/AE
Jose Patricio/AE

Ex-mulher de Glauco organiza missa de 7º dia na capital

Atual mulher de cartunista já havia feito missa dentro dos ritos do Santo Daime

Marcela Spinosa, Jornal da Tarde,

18 Março 2010 | 22h23

Foi celebrada às 19h30 desta quinta-feira, 18, a missa de sétimo dia do cartunista Glauco Villas Boas, de 43 anos e do filho dele, Raoni, de 25 anos.

 

Organizada pela primeira mulher do cartunista, Érica Ornellas, de 45 anos, mãe de Raoni, reuniu amigos, parentes e a namorada de Raoni.

 

A celebração foi realizada no Santuário Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Perdizes, na zona oeste da capital.

 

Antes de a missa começar Érica falou com a imprensa: "Não tenho palavras. É uma tragédia. Uma injustiça grande. Glauco é muito querido e tenho muito orgulho de Raoni ser filho dele. Eram pessoas muito boas", disse.

 

Ela comentou ainda a sua impressão sobre a prisão do estudante Carlos Eduardo Sdanfeld Nunes, assassino confesso da vítima: "A justiça da terra foi feita. É maravilhoso que hoje ele está preso. Que Deus abençoe a alma dele."

 

Beatriz Galvão, a Bia, viúva de Glauco, não compareceu ao ato, pois também realizou uma missa na noite desta quarta na Igreja Céu de Maria dentro dos ritos da cultura do Santo Daime.

Mais conteúdo sobre:
Glauco missa assassinato Santo Daime

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.