Ex-marido rapta mulher e a mantém trancada em porão por cerca de um mês

Raptada pelo ex-marido e mantida refém por cerca de 30 dias no porão da residência dele, Sirlene Machado dos Santos, de 48 anos, foi libertada, por volta das 20h30 de segunda-feira, por policiais militares da 2.ª Companhia do 29.º Batalhão, na região de São Miguel Paulista, zona leste de São Paulo. O pedreiro Laércio Leonardo dos Santos, de 51 anos, quando foi preso em flagrante, estava ao lado da mãe e de duas irmãs, com as quais morava, numa das casas da Rua Segundo Murari. As mulheres, segundo a polícia, sabiam do que ocorria, mas, com medo de apanhar de Laércio, não tiveram coragem de denunciá-lo. A PM foi alertada do caso por meio de uma denúncia anônima para o 190.

, O Estado de S.Paulo

13 Julho 2011 | 00h00

"Ao entrarmos no local, ela estava em um cubículo malcheiroso e úmido. Ficou durante 30 dias vivendo apenas de água e macarrão instantâneo. Por várias vezes, foi forçada a manter relação sexual com o acusado", relatou o sargento da Polícia Militar Leonel Sanchez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.