Ex-libris mostram ícones de São Paulo

Praça da Sé, Pico do Jaraguá e Revolução de 32 estão presentes nos selos de origem

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2013 | 02h10

Com destaque para a História de São Paulo, a coleção de ex-libris (os selos de origem que atestam que determinado livro pertence à biblioteca de alguém) do historiador e arquiteto Paulo Rezzutti, membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, é um passeio por ícones e personagens paulistanos - no total, ele possui cerca de 130 itens.

A convite do Estado, ele elencou algumas preciosidades desta coleção. Há peças raras - como a da campanha que o Estado organizou em prol dos órfãos da Revolução de 1932 - e referências a locais emblemáticos como o Pico do Jaraguá e a Praça da Sé.

"Gosto dos desenhos, das simbologias. É legal estudar a história por trás de um ex-libris", comenta Rezzutti. "Comecei a coleção há uns dez anos." Nesta página, confira alguns exemplos de seu acervo pessoal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.