Ex-funcionário de açougue rouba casa do patrão e vai preso

Assaltante agiu com dois comparsas; segundo a vítima, ele já havia feito ameaças após a demissão

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

21 de outubro de 2010 | 08h21

SÃO PAULO - Um ex-funcionário de um açougue foi preso com dois comparsas após assaltar a casa do patrão, em Guaianases, zona leste da capital, na quarta-feira, 20. Segundo a vítima, o rapaz de 30 anos ficou insatisfeito com a demissão e havia feito ameaças. Com o trio, a polícia recuperou bolsas e celulares roubados. Um quarto assaltante fugiu com uma pistola nas mãos.

 

A quadrilha chegou em um Gol branco por volta das 21 horas à casa do comerciante de carnes e aproveitou a chegada da família para rendê-la. Segundo as vítimas, os ladrões logo perguntaram quem era o dono do açougue e invadiram a residência e uma clínica de podologia vizinha, pertencente à mesma família, que foi feita refém na cozinha. Eles roubaram bolsas, celulares, dinheiro e cheques.

 

Após a fuga, o dono do açougue pegou seu veículo e perseguiu os criminosos, enquanto falava com a polícia. Na Rua Rossini Pinto, a quadrilha foi interceptada por uma viatura. O ex-funcionário Pedro Luis Souza Oliveira e seus comparsas Walter José Ferreira, 25 anos, e Fernando Silva de Jesus, de 19, acabaram presos em flagrantes e encaminhados ao 63º Distrito Policial, na Vila Jacuí.

 

Segundo a mulher do dono do açougue, Pedro faltava com frequência ao trabalho e acabou demitido há um mês, após seis meses de emprego. Walter era procurado por roubo e Fernando estava em liberdade condicional após ser condenado também por roubo, segundo a polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltozona lesteGuaianases

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.