''Ex-estrela'' das Casas Bahia estuda em NY

Fabiano Augusto, ator que ficou conhecido pelo bordão "Quer pagar quanto?"

Flávia Tavares, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2011 | 00h00

Por metade da década passada, ele se instalou durante cerca de uma hora por dia (soma de todas as inserções) nos lares brasileiros pela TV, martelando a pergunta: "Quer pagar quanto?". Fabiano Augusto, o garoto-propaganda das Casas Bahia de 2001 a 2006, despertava paixões com gritos e gesticulação frenética para vender eletrodomésticos.

As repercussões pela internet estavam começando e logo surgiram sites do tipo "eu amo" ou "eu odeio", "homenageando" o paulistano.

"Saí das Casas Bahia porque trabalhava 20 horas por dia e o "casamento" se desgastou. Mas minha relação permaneceu ótima. Tanto que, antes de aceitar trabalhar para a concorrência (Lojas Colombo), consultei a família Klein, que foi superbacana", diz Fabiano, desmentindo os rumores de que ele teria sido demitido por ser gay - o que afirma não ser.

Rompida a relação com a rede, o ator continuou a fazer propagandas, mas se dedicou mesmo ao teatro, produzindo e atuando em diversas peças, inclusive infantis. Também se envolveu na produção de shows e DVDs, como o do cantor Dan Nakagawa.

Desde setembro de 2010, mora em Nova York, onde estuda teatro, canto, dança e aperfeiçoa o inglês. Volta ao Brasil em julho, com planos ainda a definir. "Quero levar na bagagem muitos textos daqui, para produzir e atuar", diz Fabiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.