Vitor Fracchetta/Estadao
Vitor Fracchetta/Estadao

Ex-empresário vira motorista de aplicativo e conta histórias em livro

Em 'No Divã com o táxi driver', Paulo Maia conta os casos mais inusitados que viveu em dois anos dirigindo por São Paulo. Você já viveu uma história curiosa? Mande seu relato pra gente!

Gilberto Amendola, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2019 | 12h02

SÃO PAULO - A reportagem do Estado pegou uma carona com Paulo Maia, 62 anos, motorista de aplicativo que escreveu o livro “No Divã Com o Táxi Driver” – contando, em forma de crônicas, suas mais inusitadas experiência como motorista. Há dois anos, Maia tem atuado como motorista. Ele já rodou mais de 160 mil quilômetros por São Paulo, transportando cerca de 11 mil pessoas.

Maia é jornalista, mas também já foi dono de pizzaria e de uma vida cheia de aventuras. Ele nadou pelo Canal da Mancha, entre a Grã-Bretanha e a França. E também atravessou o Estreito de Gibraltar, que separa a Espanha da África.

Mas, com a falência da pizzaria, Maia precisou se segurar dirigindo para um aplicativo. “Percebi que como motorista eu ouvia muitas histórias e que elas renderiam um ótimo livro”, disse. Entre as histórias de Maia, vale destacar a vez que uma criança nasceu no carro dele; o passageiro que já foi abduzido por um extraterrestre e outras.  Veja esses e outros relatos neste vídeo especial. 

O livro tem a Cabify como apoiadora e  terá parte da renda obtida com as vendas destinada ao Instituto Ayrton Senna. Uma versão digital estará disponível, em breve, na Amazon.

E o Estado quer saber: você já viveu alguma história curiosa dentro de um carro por aplicativo? Mande pra gente! Deixe seu depoimento aqui nos comentários!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.