Ex-delegado é solto depois de quatro meses

JUSTIÇA

, O Estado de S.Paulo

07 de agosto de 2010 | 00h00

O Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu anteontem habeas corpus ao ex-delegado seccional de Itapetininga, no interior de São Paulo, José Antonio Vieira Ramos. Ele vai aguardar julgamento em liberdade. Ramos foi preso em 6 de abril durante a Operação Usurpação da Polícia Federal. Ele é acusado de formação de quadrilha, concussão e peculato. Segundo a PF, o delegado participava de esquema de coação a prefeituras e organizadores de eventos para a venda de serviços de segurança. A Corregedoria da Polícia Civil também o investiga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.