Ex-cantor do É o Tchan mata PM

O cantor de axé Kléber de Jesus Menezes, ex-vocalista do grupo É o Tchan, se envolveu na morte de um PM em uma boate em Salvador, no domingo. Para a polícia, ele agiu em legítima defesa.

, O Estado de S.Paulo

07 de julho de 2010 | 00h00

O delegado Roberto César, do 16.º Distrito Policial, afirmou que sete testemunhas já prestaram depoimento. Todas afirmaram que o cantor e o policial tiveram um desentendimento na boate de strip-tease Eros, no bairro de Pituba. O PM sacou a arma e eles começaram uma luta corporal. Na briga, a arma disparou, atingindo o PM no peito. Ele morreu no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.