Ex-big brother tinha dívidas com agiotas

O ex-big brother André Luis Gusmão de Almeida, morto com um tiro na nuca na madrugada de quarta-feira, em Alumínio, no interior de São Paulo, tinha dívidas com agiotas. Ele foi cobrado por três credores em março deste ano e acabou discutindo por não concordar com o total do débito, que não foi pago. A informação foi confirmada pela mulher da vítima, Luciana Gusmão de Almeida. O ex-big brother estava devendo parte do valor que pagou pela chácara e não tinha completado o pagamento de um carro. Ele teria ainda dívidas do lançamento de uma revista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.