Divulgação
Divulgação

Ex-árbitro Oscar Roberto Godói atropela mulher

Segundo a polícia, ele estava visivelmente embriagado no momento do acidente

William Cardoso,

24 de setembro de 2011 | 20h41

O ex-árbitro de futebol Oscar Roberto Godói, de 56 anos, atropelou uma mulher no fim da tarde deste sábado (24) em Franco da Rocha, na Região Metropolitana de São Paulo. A vítima sofreu ferimentos leves e foi levada pelos bombeiros ao pronto-socorro do município. Segundo a polícia, Godói estava visivelmente embriagado no momento do acidente.

 

O ex-árbitro foi detido e levado à Delegacia Sede de Franco da Rocha. Inicialmente ele teria se recusado a passar pelo teste do bafômetro e, bastante nervoso, chegou a se desentender com os policiais que faziam o atendimento de plantão. Foi necessário então chamar o delegado titular, Luis Roberto Faria Hellmeister, para conversar com Godói. O ex-árbitro teve amostras de sangue colhidas.

 

Por volta das 19h30 de ontem, Godói ainda aparentava descontrole, chorava bastante e não havia sido tomado o depoimento sobre as circunstâncias em que se deu o acidente. "Vou ainda conversar com ele, tentar acalmá-lo, para saber o que realmente aconteceu", afirmou Hellmeister. Sobre a vítima, o delegado afirmou que a mulher não corria risco de morte. "Foi medicada e não tem nenhum risco de morte ou de lesão mais grave."

 

Em fevereiro deste ano, Godói levou dois tiros ao ser assaltado perto de sua casa, em Perdizes, na zona oeste da capital, e passou 10 dias hospitalizado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.