''Eu amo o cinza do céu de São Paulo''

Fer Juaristi, fotógrafo mexicano especializado em retratos de casamento

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2011 | 00h00

O fotógrafo mexicano Fer Juaristi, de 31 anos, adora olhar pelo visor de uma câmera. Começou a carreira em comerciais de TV e clipes de música, mas passou a fotografar casamentos por conta da liberdade que ganhou com eles.

Vive em Monterrey, segunda maior área metropolitana do México em território e terceira mais populosa, atrás de Guadalajara e Cidade do México. Ele chega hoje a São Paulo, onde vai ministrar uma oficina e dar uma palestra no Wedding Brasil, congresso latino-americano de fotografias de casamento, que vai até quinta-feira no Memorial da América Latina.

Acostumado a metrópoles, Juaristi valoriza elementos do ambiente urbano em ensaios de cerimônias conjugais. "Sempre fotografo nas ruas. Nunca fui aos pontos turísticos de nenhuma cidade grande", conta. "Temos de reinventar a realidade. Desafio todos os fotógrafos a pensarem assim."

Céu. O mexicano vem pelo segundo ano consecutivo à cidade e gosta de uma característica singular da capital paulista. "Amo o tom cinza do céu de São Paulo. Parece que estou no Reino Unido." Com o rosto grudado na câmera, o mexicano mantém os olhos no crescimento do mercado nacional. "Ouvi de fotógrafos brasileiros que o mercado está muito bom. Espero fotografar um casamento no Brasil em breve."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.