Eu amo este painel

Titi Freak aprendeu a desenhar no bairro da Liberdade, na região central, onde nasceu e cresceu. A mania até hoje não passou. A arte acima foi feita por ele na Rua Rocha Pombo, há 3 meses, e é um exemplo do que ele mais gosta em São Paulo: os painéis nos "bairros de grafiteiros".

Rodrigo Burgarelli, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2010 | 00h00

"O negócio é andar pela cidade como se fosse uma grande galeria. Uma dica para achar os melhores trabalhos é saber onde os grafiteiros vivem. No Cambuci, por exemplo, você encontra grafites de osgemeos, Vitche e de artistas estrangeiros. Em Santana, há obras do Zezão, Binho e Presto. E na Liberdade está a maioria dos meus trabalhos. Uma coisa que eu gosto de fazer num domingo é sair pedalando, tomando uma cerveja de bairro em bairro e observando toda essa arte nas ruas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.