Estudo definirá restrição na Tietê

A restrição ao tráfego de caminhões na Marginal do Tietê durante todo o dia agora é dúvida. A proposta havia sido anunciada como medida subsequente à conclusão do Rodoanel Mário Covas pela gestão Gilberto Kassab (PSD). Mas a gestão Fernando Haddad (PT) vai esperar a conclusão de um estudo sobre o tráfego de cargas em São Paulo para avaliar os impactos da eventual ampliação na restrição. Os estudos devem ficar prontos em até 80 dias, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Eles estão a cargo da parceria entre o Banco Mundial e a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP). A falta de uma análise detalhada sobre o tráfego de cargas foi uma crítica feita por setores da indústria e do comércio quando as restrições no horário de pico passaram a valer, no começo do ano passado. /B.R.

O Estado de S.Paulo

08 Março 2013 | 02h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.