Estudioso da bioética será premiado

O médico e professor Willian Saad Hossne, de 86 anos, estudioso da bioética, foi escolhido ontem para receber o prêmio Professor Emérito - Troféu Guerreiro da Educação Ruy Mesquita, em cerimônia no dia 15 de outubro, no Teatro Ciee, em São Paulo.

O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h04

Conhecido por atuar em uma área interdisciplinar que reúne biologia, ciências da saúde, filosofia e direito, Hossne estuda a ética em pesquisas que envolvem a vida humana e animal. Foi reitor da Universidade Federal de São Carlos e fundador da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (SP).

Coordenador do curso de pós-graduação em Bioética no Centro Universitário São Camilo, Hossne também fundou a Sociedade Brasileira de Bioética e participou da criação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), do governo federal.

O prêmio Professor Emérito - Troféu Guerreiro da Educação Ruy Mesquita é uma iniciativa do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), em parceria com o Estado. A premiação é concedida anualmente a um educador que tenha prestado contribuição de destaque ao ensino e ao desenvolvimento de áreas relevantes do conhecimento. O homenageado é escolhido com base em uma lista de nomes sugeridos em um processo aberto, do qual participam conselheiros do Ciee, integrantes do jornal, premiados nas edições anteriores e personalidades acadêmicas e empresariais.

"Trata-se de uma justa homenagem à figura hoje insuficientemente lembrada do educador", disse Ruy Martins Altenfelder Silva, presidente do Conselho de Administração do Ciee e da comissão do prêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.