Estudantes são espancados por seguranças de casa noturna na zona sul

Um dos jovens teve lesão nos ossos da face e está internado

Solange Spigliatti, estadão.com.br

08 de setembro de 2011 | 14h17

SÃO PAULO - Seis estudantes foram agredidos por seguranças de uma casa noturna, na madrugada desta quarta-feira, 7, no Itaim Bibi, zona sul de São Paulo. Um deles, Rafael Andrey Cardoso, de 20 anos, permanece internado no Hospital São Luiz.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os estudantes saíam da casa noturna, na Rua Bandeira Paulista, por volta das 4h30, logo após pagar a conta, quando se lembraram que tinham deixado uma garrafa de whisky já paga no interior da casa noturna. Um funcionário disse que a garrafa tinha desaparecido, contrariando informações de amigos do grupo, que localizaram a garrafa, dando início a uma discussão.

 

Quando os estudantes deixavam o local, o mesmo funcionário xingou Rafael e expulsou todos do estabelecimento. Junto com outros seguranças do local, o funcionário começou a bater nos jovens, principalmente em Rafael, que foi levado ao hospital pelos amigos.

 

O estudante foi socorrido no Hospital São Luiz. Ele teve lesão nos ossos da face. Segundo boletim médico, seu estado de saúde é estável e ele não tem previsão de alta. Segundo a SSP, foi requisitado exame de corpo de delito às vítimas e o caso foi registrado no 15º DP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.