Estudantes lutam por catadores

Os cerca de 20 mil catadores de lixo que moram e trabalham em São Paulo ganharam aliados para serem valorizados pela população. Um grupo de estudantes da ESPM divulga uma página no Facebook (www.facebook.com/catadores) para discutir a importância desses profissionais - que, de acordo com os próprios ativistas online, realizam 90% da coleta seletiva de lixo na cidade. Até ontem, quase 2 mil pessoas já tinham "curtido" a página.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.