Estudante perde a mão em explosão de bomba caseira em SP

Diego Correia manuseava o artefato nos fundos de uma escola da cidade de Tietê, na região de Sorocaba

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2008 | 20h13

O estudante Diego Emerson Correia, de 18 anos, perdeu a mão na explosão de uma bomba caseira, no final da tarde de segunda-feira, 11, em Tietê, na região de Sorocaba. Ele manuseava o artefato na companhia de um amigo, nos fundos de uma escola, quando a bomba explodiu. O outro rapaz nada sofreu.   Diego, que teve a mão estraçalhada pelo impacto da bomba, foi levado para a Santa Casa local e, em seguida, transferido para o Hospital Regional de Sorocaba. Os médicos tiveram de amputar a mão do rapaz.  De acordo com a Guarda Municipal de Tietê, os dois estudantes não eram alunos da escola onde o fato ocorreu. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar a origem da bomba.

Tudo o que sabemos sobre:
Sorocabapolíciaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.