Estudante invade posto e atropela frentista em Ribeirão Preto

No carro dele foram encontrados seis frascos de lança-perfume; um já estava usado

Brás Henrique, O Estado de S. Paulo

12 de fevereiro de 2008 | 15h59

A comemoração pela aprovação num vestibular de direito quase terminou em tragédia em Ribeirão Preto, na noite de segunda-feira, 11. Caio Meneghetti Fleury Lombardi, de 19 anos, dirigia um Vectra, embriagado, e em alta velocidade perdeu o controle da direção e atravessou o canteiro de uma avenida movimentada. O carro invadiu um posto de combustíveis, atropelou um frentista e bateu contra uma bomba e outro veículo. Ainda tentou fugir. No carro dele foram encontrados seis frascos de lança-perfume (um já usado).  O frentista Carlos Alaetes Pereira Silva, de 37 anos, foi arrastado pelo carro e está internado em estado grave na Unidade de Emergência (UE), do Hospital das Clínicas (HC) local. O acidente ocorreu por volta de 22h30, no Posto Independência, que fica próximo de duas universidades particulares. Após o atendimento da Polícia Militar, no Plantão da Polícia Civil foi registrado boletim de ocorrência por lesão corporal culposa (sem intenção) e por uso de entorpecente.  Lombardi também fez exame toxicológico. O delegado de plantão, Alexandre Daur Filho, não registrou boletim por tráfico ou porte de entorpecentes porque entendeu que a situação não comprovava um desses dois crimes. Após o registro do boletim e do exame toxicológico, Lombardi foi liberado pela polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
Ribeirão Pretoestudante invade posto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.