Estudante é morto em briga de trânsito na zona leste

Agressor teria se irritado porque estudante freou de repente, ao passar por uma lombada eletrônica

Ricardo Valota e Daniela do Canto, da Central de Notícias,

01 de julho de 2009 | 05h00

O estudante Jair Olímpio de Almeida, de 22 anos, foi morto a tiros, na noite desta terça-feira, 30, ao volante de uma picape Corsa, na Avenida Nordestina, na Vila Curuçá, zona leste de São Paulo, durante uma briga de trânsito. Ao lado de um colega, o rapaz foi atingido por dois tiros, não resistiu e morreu.

 

De acordo com relato do colega de Jair, que estava no mesmo carro, o disparo teria sido motivado por uma discussão. Ao perceber uma lombada eletrônica, Jair freou bruscamente. Irritado, pois quase bateu na traseira do Corsa, o condutor de um Fiat Tipo vinho teria iniciado uma discussão.

 

Houve uma breve perseguição e, duzentos metros à frente, o acusado emparelhou novamente com o carro do estudante, sacou uma arma e atirou. Jair morreu no local. O caso foi registrado no 67º Distrito Policial, do Jardim Robru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.