Estudante de Direito é preso por pedofilia

Um estudante de Direito acusado de pedofilia foi preso em seu apartamento no bairro Anchieta, em uma das áreas mais valorizadas de Belo Horizonte, ontem. O suspeito, de 35 anos, que trabalha como corretor de imóveis, negou envolvimento com pedofilia mas, segundo o Ministério Público, ele assumiu que passava as madrugadas conversando com adolescentes pela internet. Em mensagens trocadas pelo suspeito com outros internautas havia imagens de crianças e adolescentes sendo abusados sexualmente.

O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.