Estudante atingida por tijolo em briga de faculdades recebe alta

Jovem que estuda medicina ganha alta após ter fratura do crânio e passar por reconstituição do osso da face

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

13 de setembro de 2007 | 10h34

A estudante de 22 anos, atingida por um tijolo durante uma briga entre universidades, teve alta na manhã desta quinta-feira, 13, do Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas (Unicamp). A estudante de medicina foi atingida em uma briga em Santa Rita do Passa Quatro, no interior de São Paulo. A jovem teve fratura no crânio e passou por cirurgias de reconstituição do osso da face e plástica na manhã de quarta-feira, 12. Ela foi atingida pelo tijolo durante os Jogos Universitários Intermed, entre alunos dos cursos de medicina da universidade e da Pontifícia Universidade Católica (PUC), também de Campinas, na semana passada.  Após um dos jogo, estudantes arremessaram tijolos na quadra onde os vencedores comemoravam. Um deles atingiu o rosto da estudante.

Tudo o que sabemos sobre:
Intermedviolência entre jovens

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.