Estrangeiros terão tutores

O programa Mais Médicos dará uma bolsa de R$ 10 mil aos profissionais inscritos, graduados no Brasil ou no exterior. Os brasileiros devem começar o trabalho no dia 2, e aqueles com diploma estrangeiro, dia 16. Antes, estes passarão por um treinamento de três semanas com aulas de idioma, sobre a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) e a legislação brasileira. Quem não tiver competências médicas ou linguísticas poderá ser desligado. Durante os três anos do programa, os médicos serão supervisionados por tutores de universidades federais.

O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.