Estrangeiro é preso com 109 cápsulas de cocaína no estômago em São Paulo

Guarda Civil foi chamada pois tanzaniano reclamou em hotel na Luz sobre dores abdominais

Estadão.com.br,

12 Março 2012 | 19h21

SÃO PAULO - Um tanzaniano foi preso no domingo na região da Nova Luz, no centro de São Paulo, por tráfico de drogas após ser flagrado com 109 cápsulas de cocaína no estômago. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), que efetuou a prisão, a droga pesava cerca de 1,7 kg.

A GCM foi acionada por funcionários de um hotel onde o homem estava hospedado, a quem o tanzaniano havia se queixado de fortes dores abdominais. Segundo a Secretaria Municipal de Segurança, os guardas chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu) para socorrer o rapaz.

Ao chegar na Santa Casa de Misericórdia, os médicos constataram que o homem havia ingerido as cápsulas de cocaína, segundo a CGM. O suspeito permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital.

De acordo com a GCM, o suspeito possuía passaporte e passagens áreas para a cidade de Dar es Salaam, na Tanzânia, com escala em Doha, no Qatar, marcadas para o dia da prisão. O caso foi encaminhado para a Polícia Federal de São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
tráfico de drogas tanzaniano GCM Nova Luz

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.